Nação Zumbi - Discografia


Nação Zumbi (antes conhecida como Chico Science & Nação Zumbi) é uma banda brasileira de rock, nascida no início da década de 1990, no Recife, capital do estado de Pernambuco, a partir da união do Loustal, banda de rock pós-punk, com o bloco de samba-reggae Lamento Negro, e originalmente chamava-se "Chico Science & Nação Zumbi". O líder e vocalista da banda, o cantor e compositor Chico Science, fundou, junto com a banda Mundo Livre S/A, o movimento Manguebeat. Ao lado de bandas como Raimundos e Planet Hemp, foi responsável pela "abertura de portas" para o rock brasileiro dos anos 90, sendo uma das mais influentes bandas brasileiras de todos os tempos. No ano de 1991, em Olinda, aconteceu o primeiro show da banda, com o nome provisório de "Loustal & Lamento Negro", numa festa chamada "Black Planet". Neste mesmo ano, Chico Science e Fred Zero Quatro (do grupo Mundo Livre S/A) escreveram um Release, que acabou virando um manifesto do movimento Manguebeat, o "Manifesto dos Caranguejos com Cérebro", que tem como símbolo, uma antena parabólica colocada na lama, tornando-se assim um dos principais movimentos e banda dos anos 90 no Brasil, lutando por melhorias sociais na vida da população, não só do Recife e do Estado do Pernambuco, mas como de todo cidadão brasileiro. A presença da tecnologia é uma marca do movimento, que engajava-se para a melhor exploração do mangue e alertando a todos que ali encontra-se os Caranguejos com cérebro, sempre antenados.

Em julho de 1993 a banda assinou com o selo Chaos, uma subsidiária da Sony Music, tendo feito apenas dois shows fora do seu estado natal (um show em Belo Horizonte e outro em São Paulo), e logo em seguida entra em estúdio para gravar seu álbum de estréia, Da Lama ao Caos, lançado em Abril de 1994. De incio as vendas foram modestas, mas com o tempo o disco emplacou, chegando a disco de ouro (100.000 cópias na época) em 1995. O disco seguinte, Afrociberdelia, também conquistou disco de ouro. Desde a morte de Chico Science em 1997, a Nação Zumbi não obteve mais o sucesso comercial dos dois primeiros álbuns, porém manteve uma numerosa e dedicada base de fãs, lotando shows no Brasil e exterior até os dias de hoje.

No dia 2 fevereiro de 1997, Chico Science faleceu devido a um acidente de carro quando seguia de Recife para Olinda. Em seu lugar nos vocais veio Jorge dü Peixe, que já tocava alfaia na banda.

Legado
A importância do Nação Zumbi para a musica brasileira e outras ramificações do rock foram comentadas por vários críticos e músicos famosos, entre muitas bandas que citam a influência da banda, como por exemplo Planet Hemp, O Rappa, Charlie Brown Jr, Cordel do Fogo Encantado, Os Paralamas do Sucesso, Mombojó e Otto. Outras bandas influenciadas por Chico Science, são Sepultura (mais especificamente o álbum Roots), Soulfly, Cássia Eller (intérprete de músicas como Corpo de Lama e Quando a Maré Encher), Fernanda Abreu (álbum Raio X) e Arnaldo Antunes (álbum O Silêncio).

Formações

A Nação passou por várias mudanças no line-up até que chegasse ao atual, mas mantendo a maior parte dos membros originais. Depois da turnê internacional do Da Lama ao Caos em 1994, Canhoto que tocava caixa deixou a banda e em seu lugar entrou o baterista Pupillo, com essa formação o grupo gravou o seu segundo álbum Afrociberdelia. No ano seguinte a morte de Chico, veio o álbum tributo, último pela Chaos/Sony Music recheado de participações especiais além dos membros remanescentes. Em 2000 o quarto álbum mostra Jorge dü Peixe assumindo integralmente os vocais e Marcos Matias (que já estava presente nos shows desde 1998 e participado do clipe "Malungo") o substitui na alfaia. Pouco depois Gustavo da Lua (ex-percussionista do Sheik Tosado) ocupa a vaga de Gira. Em 2006, a Nação Zumbi tocou no programa de TV britânico Later with Jools Holland, referência ao convidar destaques da música de todos os cantos do globo.

Em 2011 Marcos Matias sai do grupo sendo sucedido temporariamente por Ramon Lira, filho de Du Peixe. Já em 2014, ano em que a Nação Zumbi retorna de um hiato de dois anos e lança um novo álbum (o segundo autointitulado "Nação Zumbi"), Walace Rocha integra a alfaia e a percussão. (Texto: Wikipédia)








Discografia

Rádio S.Amb.A (2000)
01. Do Mote do Dr. Charles Mambo Head
02. O Caranguejo da Praia das Virtudes
03. Lo-Fi Dream
04. Arrancando as Tripas
05. Pela Orla dos Velhos Tempos
06. Remédios
07. Carimbó / Côco Assassins
08. Quando a Maré Encher
09. Antromangue / Brasília
10. Na Balada do Rio Salgado
11. João Galafuz
12. Jornal da Morte
13. Zumbi X Zulu
14. Del Chifre’s Beach



Nação Zumbi (2002)
01. Blunt of Judah
02. Mormaço
03. Propaganda
04. Amnesia Express
05. Meu Maracatu Pesa Uma Tonelada
06. Faz Tempo
07. Prato de Flores
08. Know Now
09. Ogan Di Belê
10. Caldo de Cana
11. O Fogo Anda Comigo
12. Tempo Amarelo



Propagando (2004)
01. Mormaço
02. Samba do Lado
03. Quando a Maré Encher
04. Propaganda
05. Maço
06. Prato de Flores
07. Blunt of Judah
08. Carimbó
09. Know How

01. Remédios
02. Pout-Pourri: Zumbi x Zulu, Banditismo Por Uma Questão de Classe, Um Satélite na Cabeça
03. Amnésia Express
04. Purple Haze
05. Meu Maracatu Pesa Uma Tonelada
06. O Cidadão do Mundo
07. Manguetown
08. Pout-Porri: Da Lama Ao Caos, Ponta de Lança Africano (Umbabarauma)



Futura (2005)
01. Hoje Amanhã e Depois
02. Na Hora de Ir
03. Memorando
04. A Ilha
05. Respirando
06. Voyager
07. Expresso da Elétrica Avenida
08. Nebulosa
09. Sem Preço
10. Vai Buscar
11. Pode Acreditar
12. Futura



Fome de Tudo (2007)
01. Bossa Nostra
02. Infeste
03. Carnaval
04. Inferno
05. Nascedouro
06. Onde Tenho Que Ir
07. Assustado
08. Fome de Tudo
09. Toda Surdez Será Castigada
10. A Culpa
11. Originais do Sonho
12. No Olimpo



Ao Vivo No Recife (2012)
01. Fome De Tudo
02. Hoje, Amanhã e Depois
03. Bossa Nostra
04. Etnia
05. Inferno
06. Corpo De Lama
07. Trincheira Da Fuloresta
08. Cordão De Ouro
09. Infeste
10. Rios, Pontes e Overdrives
11. Salustiano Song
12. Antene-se
13. Maracatu Atômico
14. Jornal Da Morte (Uma Edição Extra)
15. Manguetown



Nação Zumbi (2014)
01. Cicatriz
02. Bala Perdida
03. O Que Te Faz Rir
04. Defeito Perfeito
05. A Melhor Hora Da Praia
06. Um Sonho
07. Novas Auroras
08. Nunca Te Vi
09. Foi De Amor
10. Cuidado
11. Pegando Fogo




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.