Planet Hemp - Discografia


O Planet Hemp foi uma banda brasileira que surgiu no Rio de Janeiro em 1993, quando Marcelo D2 e Skunk se encontraram resolveram juntar suas letras de rap com o barulho de Rafael, Formiga e Bacalhau.

A banda surgiu num encontro casual entre D2 e Skunk, pelas ruas do Catete. D2 usava uma camisa do Dead Kennedys e Skunk, vendedor e artesão de camisetas de Rock, deu início a um diálogo e daí nasceu a amizade e vocação. Skunk falava de música todo o tempo nesse momento D2 resolveu que queria ser músico. A Banda não era pra ser de Rap e sim de Rock, mas eles não sabiam tocar nada e queriam cantar.

O nome da banda foi tirado da revista americana High Times, especializada em cannabicultura, ou seja sobre o cultivo de maconha, e “Hemp” em alguns paises de lingua inglesa significa maconha. Mais tarde, se juntaram à Skunk e D2, Rafael, Formigão e Bacalhau.

No palco os vocais falados do rap foram misturados com as guitarras psicodélicas e com letras que pediam a legalização da maconha com muita fumaça e zoeira. Desde o começo, o Planet Hemp se destacou por sua performance ao vivo.

Registraram uma única fita-demo e seguiram o circuito alternativo em apresentações no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba e Brasilia no festival Superdemo de Elza Cohen onde foram contratados pela Sony Music e também se apresentaram no festival juntatribo (Campinas). A morte de Skunk, em 1994, quase decretou o fim do grupo. Mas B Negão, camarada presente em todos os shows, assumiu o outro vocal. A banda tem um contrato com a Sony Music (superdemo /Chaos) e já gravaram “Usuário”(1995), “Os Cães ladram mas a Caravana não Pára” (1997) e “A Invasão do Sagaz Homem Fumaça”(2001).

Lançado em março de 1995, o disco já chegou causando estardalhaço. “Legalize já” se transformou em hit, apesar do clip sofrer censuras. Mas o grupo não chamou atenção somente pelas letras que falam de maconha e legalização. As 17 faixas do disco são “enfumaçadas”, mas o universo dos caras não se restringe a isso: violência, menores de rua e balas perdidas, estão lado a lado com a família, suingue, mulheres e diversão. A mistura de rap e rock é mais do que isso.

A Banda chegou a ser presa, por alegação de incentivarem o uso de drogas (Solto já era ótimo, prensado ficou melhor ainda), e por isso colocaram em discussão a Liberdade De Expressão de nossa democracia, e por isso foram libertados.

Os shows eram uma pauleira só. Já tocaram com “Black Alien & Speed”, Beastie Boys, Cypress Hill e lotaram o Metropolitam em um show conjunto com os Raimundos, com público de mais de 6 mil pessoas. A última formação contou com Marcelo D2 (vocal), BNegão (vocal), Formigão (baixo), Rafael (guitarra), Pedrinho (bateria), Zé Gonzales (dj) e Apolo 9 (teclados). São presença nas rádios de rock, tiveram duas indicações no VMB (1996) e na estrada, deixaram um rastro de casas lotadas.

A banda se encerrou por motivo de brigas entre os membros da banda, em 2001 por causa dos trabalhos Solo do Marcelo D2. O último disco foi o “MTV Ao Vivo: Planet Hemp”.

Texto: Last.fm


Discografia
 
Senha dos arquivos: brrock
 

Usuário (1995)
01. Não Compre, Plante!
02. Porcos Fardados
03. Legalize Já
04. Deis Daz Seis
05. Phunky Buddha
06. Mary Jane
07. Planet Hemp
08. Fazendo A Cabeça
09. Futuro Do País
10. Mantenha O Respeito
11. P...Disfarçada
12. Speed Funk
13. Mutha Fuckin' Racists
14. Dig, Dig, Dig (Hempa)
15. Skunk
16. A Culpa É De Quem?
17. Bala Perdida



Hemp New Year (1996)
01. Dig Dig Hempa (Remix)
02. Legalize já (Remix)
03. Mantenha o Respeito (Ao vivo/RJ)
04. Legalize Já (Ao vivo/RJ)
05. Mary Jane (Ao vivo/RJ)
06. Phunky Buddha (Demo Tape/93)
07. Raprockandrollpsicodelianardcoregga (Demo Tape/93)
08. Mary Jane



Os Cães Ladram Mas a Caravana Não Pára (1997)
01. Zerovinteum
02. Queimando Tudo
03. Hip-Hop Rio
04. Bossa
05. 100% Hardcore
06. Biruta
07. Mão Na Cabeça
08. O Bicho Tá Pegando
09. Adoled (The Ocean)
10. Seus Amigos
11. Paga Pau
12. Rappers Reais
13. Nega Do Cabelo Duro
14. Hemp Family
15. Quem Me Cobrou?
16. Se Liga



A Invasão do Sagaz Homem Fumaça (2000)
01. 12 Com Dezoito
02. Ex-Quadrilha da Fumaça
03. Test Drive de Freio de Camburão
04. Procedência C.D
05. Stab
06. Four Track
07. Gorilla Grip
08. Contexto
09. DZ Cuts
10. Raprockandrollpsicodeliahardcoregga
11. Quem tem Seda?
12. É Isso Que Eu Tenho no Sangue
13. Quarta de Cinzas
14. HC3
15. O Sagaz Homem Fumaça



MTV Ao Vivo (2001)
01. Intro
02. Não Compre, Plante!
03. Legalize Já
04. Raprockandrollpsicodeliahardcorereragga
05. Queimando Tudo
06. HC3
07. Procedência C.D.
08. Fazendo A Cabeça
09. Stab
10. Dig Dig Dig (Hempa)
11. Phunky Buddha
12. Hip Hop Rio
13. A Culpa É De Quem?
14. Se Liga
15. Zerovinteum
16. Contexto
17. Mantenha O Respeito



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.